Quem sou eu

Minha foto
Sou a garota que sonha. Que luta, que as vezes chora, mas muitas vezes sorri. Que é feliz a sua maneira, que não precisa ser comprendida e nem fútil pra ser admirada. Que sabe o que quer e na maioria das vezes consegue. Sem medo de ser feliz. Não tente me entender pois jamais conseguirá me decifrar!

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Ultimo poema (Manuel Bandeira)

Assim eu quereria meu último poema.Que fosse terno dizendo as coisas mais simples e menos intencionais.Que fosse ardente como um soluço sem lágrimas.Que tivesse a beleza das flores quase sem perfume.A pureza da chama em que se consomem os diamantes mais límpidos.A paixão dos suicidas que se matam sem explicação.

Um comentário:

  1. Paraa Tudoo eu Amoo Esse Poemaa!
    Mara Maravilhaaaaaaaa ^^
    bjs*

    ResponderExcluir